Hamster anão russo campbell

19/03/2015 10:52

O Hamster Anão Russo Campbell (Phodopus campbelli) são parentes bem próximos do Hamster Anão Russo Winter White (conhecido como Hamster Siberiano), porém o Anão Russo Campbell mostra um temperamento menos amigável com as pessoas do que o Winter White. Ainda assim podem ser criados com outros hamsters da mesma espécie, sendo o ideal acostumá-los desde filhotes (antes de 8 semanas).

A cor mais comum de ser encontrada é a cinza com uma linha dorsal de uma coloração mais escura que a pelagem, essa linha vai do focinho ao rabo, mas também existem diversas outras variedades, como o albino (com olhos vermelhos), o branco (com olhos pretos), o preto, o opala (cinza-azulado), etc.

A gestação desses animais dura de 18 a 21 dias, os filhotes nascem pelados, cegos e surdos pesando apenas 3 gramas, a medida que crescem terminam de se desenvolver. Quando adultos alimentam-se de diversos tipos de grãos, sementes e vegetais lembrando que nunca se deve deixar de lado misturas comerciais próprias para hamsters.

Hamsters anão russo são muito míopes. O proprietário de hamsters anão russo deve falar com eles primeiro, para que eles se tornem mais calmos e muito provavelmente não irão morder.

O anão Campbells hamsters geralmente têm um tamanho de 10-12 centímetros e pesa 22-28 gramas, eles têm 4 dedos na frente e 5 dedos na parte traseira e vivem por apenas um ano e meio a 2 anos no máximo, embora até 4 anos tem sido conhecida.

O Hamster Russo Campbells é originário da Ásia central, do norte da Rússia, da Mongólia e da China, onde vive em dunas de areia. É mantido em cativeiro desde antes de 1963 e chegou às lojas de animais de estimação nos anos 70. Também conhecido como hamster Djungarian, o Hamster Russo Campbells é mais comum que a outra espécie de Anão Russo, o Winter-White.

O anão Russo Campbells hamster foram nomeados em homenagem a pessoa que os descobriu em 1905 : Thomas Campbell, estes hamsters foram então mantidos no Gamalyea Institute em Moscou. Em 1963, estes hamsters Campbell foram importados para a Reino Unido pelo Colégio Holloway em Londres e pela Sociedade Zoológica de Londres. Dez anos depois, em 1973, o Reino Unido obteve sucesso na reprodução desses hamsters Campbell em seus laboratórios. Esses hamsters não eram um animal de estimação popular, até o início dos anos 80, quando se tornou amplamente disponível nos pet shops.

Os Campbells anão selvagens andam juntos, em pares ou pequenos grupos, eles desenvolvem forte relação entre si. Quando eles amadurecem, aprendem a proteger seu território e irão atacar qualquer intruso que for passear nos seus ninhos. Eles vivem em tocas, dentro da estepe de areia. Eles dormem de dia e acordam somente por curtos períodos. Eles despertam ao anoitecer e são mais ativos à noite. Mesmo que sua visão é pobre, o seu sentido de olfato e audição são muito afiadas. Eles confiam muito em seu olfato e audição, eles usam isto para reconhecer uns aos outros e seu meio ambiente e usam perfume para marcar suas casas.

Em cativeiro, estes hamsters são animais de estimação social, e vivem com outro de sua própria espécie se forem introduzidos no início de suas vidas. É por isso que um velho hamster não gosta a adição de outro hamster, porque quanto mais velho, o hamster vai sentir uma invasão em seu território que vai resultar em uma luta feroz. Esses hamsters estabelecem uma ordem de hierarquia, o que significa que haverá um hamster dominante dentro do grupo.

 

FONTE: ham-hamblog.blogspot.com.br/2012/02/hamster-anao-russo-campbell.html

—————

Voltar